Facebook Instagram

Daniel e Dustin adotaram seis irmãos que viviam separados em várias famílias de acolhimento

Daniel e Dustin Johnson adotaram seis irmãos entre os 3 e os 11 anos que estavam há três anos em famílias de acolhimento

IOL
29 jun 2023, 10:13
Dustin e Daniel Johnson e os seus seis filhos Foto: Família Johnson
Dustin e Daniel Johnson e os seus seis filhos Foto: Família Johnson

A história de Daniel e Dustin Johnson e da sua família começou em 2018, no primeiro encontro entre o agora casal. Foi logo nesse dia que ambos disseram que queriam ter filhos. Cinco anos depois, têm seis filhos, todos irmãos biológicos, entre os 3 e os 11 anos, adotados oficialmente em maio deste ano.

O casal, que mora em Tampa, na Flórida, Estados Unidos, casou-se em 2020 e começou logo a frequentar as chamadas aulas de pré-adoção. A ideia era poder adotar já que, como explicou Dustin no Today Show, sabiam que havia muitas crianças na zona a precisar de uma casa com amor.

À agência de adoção, Dustin e Daniel explicaram que estavam abertos à adoção de crianças mais crescidas ou mesmo de grupos de irmãos. Disseram que tinham espaço para seis crianças.

Foi assim que acabaram por receber a chamada de telefone a perguntar se estariam dispostos a adotar os seis irmãos – quatro rapazes e duas raparigas – que estavam no sistema há mais de três anos e separados uns dos outros. Uma das crianças já tinha passado por 25 diferentes localizações.

Em maio de 2022, Daniel e Dustin receberam na sua casa os irmãos Reid, de 11 anos, Amiyah, de 10 anos, Izayah, de 9 anos, Kaelix, de 7 anos, Cade, de 6 anos, e Roslin, de 3 anos. Um ano depois, em maio de 2023, a adoção ficava completa.

Os primeiros tempos não foram um mar de rosas. As crianças tinham terrores noturnos e foram diagnosticados com stress pós-traumático devido a vivências do passado relacionadas com violência doméstica e consumo de drogas. Foram precisos meses para conseguir ganhar a confiança dos seis irmãos.

Agora, estão muito melhores. A família vê um psicólogo em conjunto uma vez por semana e quatro dos irmãos estão a fazer terapia individual. As notas na escola também subiram substancialmente.

Apesar de terem passado três anos separados, os miúdos são muito unidos.

Será que Dustin e Daniel querem fazer crescer ainda mais a família? Dustin admite que a hipótese não está de todo posta de parte!

RELACIONADOS
Mais Lidas