Facebook Instagram

Dieta de princesas e celebridades é perigosa para a saúde

.

Evelise Moutinho
11 abr 2012, 09:03
11 abr 2012, 09:03
Dietas
Dietas
O que têm em comum a inglesa Kate Middleton, as norte-americanas Jennifer Lopez, Lindsay Lohan e Nicole Ritchie, a brasileira Gisele Bündchen ou a espanhola Penélope Cruz?

Estas seis mulheres seguem o mesmo regime alimentar, a famosa dieta Dukan, para terem uma figura física invejável, chegando a perder 1 kg por dia.

Pierre Dukan é o nutricionista francês responsável por este método, que surgiu em 2000 e conta já com milhares de seguidores no mundo inteiro. Aliás, o seu livro «Eu Não Consigo Emagrecer», no qual explica a sua dieta, foi traduzido em 14 idiomas.

A dieta Dukan divide-se em quatro fases. Na primeira, apenas são aceites 72 alimentos, ricos em proteínas. Depois permite-se a entrada de alguns legumes, e a terceira fase centra-se na consolidação do peso perdido com a reintrodução de alguns alimentos proibidos, como pão e massa. Por fim, é a fase em que se procura estabilizar o peso final.

E quem já experimentou a dieta Dukan mostra-se feliz com os resultados. É o caso da jovem duquesa de Cambridge, que seguiu este regime para estar «à altura» do seu vestido de noiva quando subiu ao altar com o príncipe William de Inglaterra, no dia 29 de abril de 2011.

Aliás, a conselho da sua mãe, Carole Middleton, que é uma fiel seguidora desta dieta, tal como a sua irmã, Pippa Middleton. Ou da cantora Jennifer Lopez, outras das celebridades que recorreram ao método Dukan depois da gravidez dos seus gémeos.

Mas as críticas e as queixas surgem de outros especialistas, que, aliás, sempre olharam para esta dieta com desconfiança. Neste momento, o médico Pierre Dukan, francês nascido na Argélia, está a ser acusado pela Ordem dos Médicos de França e pelo Conselho Médico de Paris de ter criado um regime alimentar perigoso para a saúde. Segundo vários nutricionistas, um regime alimentar à base de proteínas pode ter influência direta no desenvolvimento de várias doenças crónicas, como osteoporose, cancro, e problemas renais e cardiovasculares.

Pierre Dukan é ainda acusado de não respeitar o código deontológico, uma vez que usa o método como forma de negócio e não com o verdadeiro objetivo da prática de medicina.

A venda dos seus livros e de produtos associados à dieta Dukan rende cerca de 100 milhões de euros por ano ao nutricionista francês.
RELACIONADOS
Mais Lidas