Emoção regressa ao Santuário de Fátima. Veja as imagens

Agência Lusa
13 mai, 15:11

A emoção voltou hoje a marcar o final da peregrinação de 13 de maio ao Santuário de Fátima, com milhares de lenços brancos a serem acenados na procissão do Adeus.

Muitas lágrimas, acompanhadas de muitas palmas, acompanharam o percurso do regresso da imagem de Nossa Senhora de Fátima do altar do recinto até à Capelinha das Aparições.

Momentos antes, os momentos finais da peregrinação ficaram marcados com a bênção, pelo bispo de Leiria-Fátima, de uma imagem de Nossa Senhora destinada à catedral de Lviv, na Ucrânia, oferecida pelo Santuário de Fátima.

José Ornelas, na saudação final aos peregrinos, deixou também o desejo de que “a presença materna de Maria, modelo da Igreja que cuida dos mais pequenos e frágeis, resplandeça neste momento difícil”, que se consubstancia ainda numa “pandemia que condiciona toda a humanidade e uma guerra que atinge com trágica e destrutiva ferocidade a Ucrânia”.

“Que a mensagem de paz que Ela nos veio trazer em Fátima seja acolhida no coração dos que alimentam esta guerra, a fim de que pare a barbárie e se possa construir o mundo novo, com justiça, solidariedade e paz”, acrescentou.

Presidida pelo Substituto para os Assuntos Gerais da Secretaria de Estado do Vaticano - que no final da eucaristia de hoje ofereceu um cálice ao Santuário de Fátima -, esta foi a primeira grande peregrinação sem as restrições impostas nos últimos dois anos pela pandemia de covid-19.

Milhares de peregrinos de norte a sul do país fizeram o caminho a pé até à Cova da Iria, com as autoridades a admitirem uma afluência “próxima da habitual em anos pré-pandemia”. Segundo os serviços do Santuário de Fátima, na procissão das velas, na noite de quinta-feira, terão estado no recinto cerca de 200 mil peregrinos, enquanto hoje terão sido cerca de 170 mil os fiéis que estiveram no santuário.

 

Mais Lidas