Facebook Instagram

Afinal, é ou não perigoso dormir com a ventoinha ligada?

Em dias de calor, torna-se quase impossível dormir sem uma ventoinha a funcionar. Mas será que isso é mau para a sua saúde?

Adriana Gomes
9 jul, 15:45
Ventoinha
Ventoinha
Foto: Freepik

Quando o calor aperta, há muita gente que não consegue dormir sem ter uma ventoinha no quarto a arrefecer o espaço. Mas será que passar uma noite inteira com este eletrodoméstico a funcionar tem riscos para a saúde?

A resposta não será muito linear. A boa notícia é que usar a ventoinha durante a noite não representa um risco sério para a saúde. Ainda assim há prós e contras e, em alguns casos, o uso do eletrodoméstico poderá fazer surgir alguns sintomas bastante desconfortáveis, refere o site Healthline num artigo revisto pelo médico Raj Dasgupta.

Quais são as vantagens de dormir com a ventoinha ligada?

Comecemos por falar da vantagem mais óbvia: o facto de arrefecer o espaço, garantindo que passa a noite mais desconfortável. O calor pode afetar a qualidade do sono e até a capacidade de adormecer, além de que se uma pessoa sua muito, pode perder minerais importantes para o corpo.

O barulho de fundo da ventoinha poderá ser também um ponto positivo, já que muita gente o compara ao chamado “White noite”, ou seja, um som que ajuda a relaxar.

As ventoinhas ajudam também a fazer circular o ar, evitando que fique com mau cheiro.

O site Healthline destaca ainda que há estudos que indicam que ter uma ventoinha a funcionar durante a noite pode diminuir o risco de Síndrome de Morte Súbita do Lactente, havendo um que destaca que o risco baixa em 72%.

E quais são as desvantagens de usar a ventoinha a noite toda

Como referido, usar ventoinha a noite toda não representa um grave risco para a saúde, mas isso não significa que não tenha desvantagens. O site Healthline refere quatro.

Congestão nasal

A circulação constante de ar dentro de um espaço pode deixar boca, nariz e garganta secos, o que pode fazer com que o corpo comece a produzir muco em demasia, o que conduz a dores de cabeça, nariz entupido e garganta irritada.

Para quem já está doente, a ventoinha pode piorar os sintomas. Para quem precisa de dormir com o aparelho ligado, uma boa solução é ter também um humidificador a funcionar.

Alergias

As ventoinhas podem fazer com que haja circulação de pó e pólen no ar, o que pode desencadear alergias em algumas pessoas. além disso, as próprias pás acumulam pó.

Olhos e pele seca

A circulação constante de ar pode fazer com que a pele e os olhos sequem. Para evitar estes sintomas, é recomendado hidratar bem a pele e usar gotas para os olhos.

Dores musculares

De acordo com o site Healthline, a constante circulação de ar pode fazer com quem os músculos contraiam e até que surjam cãibras. Para evitar esta situação, não se deve deixar a ventoinha virada para nós enquanto se dorme.

RELACIONADOS
Mais Lidas