OPINIÃO: A Gala do Big Brother em 5 momentos

Alguns meses depois o Big Brother (BB) regressou à antena da TVI sobre o comando de Cristina Ferreira. Por coincidência a estreia deu-se em noite de tempestade, e gala foi uma verdadeira tempestade de emoções. Arrisco-me a dizer que foi épica.

Fonte: Fábio Belo
12 set, 12:13

A primeira grande novidade deste BB é que os concorrentes entraram em duplas, tanto os famosos, como os anónimos. Temos um lote bem diversificado, com um bom casting. Concorrentes que à primeira vista vão dar muito que falar. Afinal, é aquilo que procuramos. Uma boa peixeirada. Verdade?

Miro Vemba mal entrou na casa, e já tinha conquistado os portugueses. O concorrente fez dupla, no início da gala, com a Joana Taful. Uma dupla que tinha tudo para dar certo, ou não. Mas, Miro é agora dupla com Diana Lopes, que se mostrou ser uma concorrente nata. Concordam?

Catarina Severino e Miguel Vicente entraram com missão dada pelo Big, de serem um ex-casal. Num minuto combinaram a estratégia, e lá entraram. E, já convenceram os colegas de casa, que são realmente um ex-casal. Tanto, que acabaram por dizer que Miguel teria traído Catarina com a sua melhor amiga, o que originou logo olhares repreensivos por parte dos moradores da casa.

Diogo Marques encantou os portugues na sua vt de apresentação, onde contou que foi criado pela sua bisavó, e que viveu com ela até as 15 anos, altura em que sua bisavó partiu. Os portugueses gostam de uma boa história de vida, e impactante. Parece-me que a do Diogo cumpre os requisitos.

A casa é a mesma. Com uma decoração bem mais apelativa ao estilo pop. As cores irreverentes e alegres chamaram logo atenção. Há novas divisões, tais como a toca que fica no jardim. Na verdade, ficámos todos abismados com a nova decoração e com surpreendente dupla que comanda a casa, o Big e a Biga.

Agora que começou a novela da vida real, que venham bons episódios e explosivos.

Siga o Fábio Belo aqui

RELACIONADOS
Mais Lidas