Facebook Instagram

O Melhor Restaurante Europeu de 2022 é português

O prémio de Melhor Restaurante Europeu de 2022, atribuído todos os anos pelo Conselho Europeu de Confrarias Enogastronómicas (CEUCO), coube este ano ao Solar dos Nunes, um restaurante de Lisboa com alma alentejana e muitas décadas de tradição na capital.

Fonte: IOL
11 out, 11:08

O prémio Aurum, Europa - Excellence – Enogastronomic vai assim para as mãos dos responsáveis de uma ‘casa’ bem conhecida dos portugueses pela gastronomia tradicional alentejana, mas também pela carne de qualidade, pelos peixes frescos e marisco da costa portuguesa. A gastronomia combinada com uma garrafeira exímia culminou nesta distinção.

“É para nós um orgulho imensurável e uma alegria infinda conseguir este galardão para Portugal”, reagiram os proprietários do restaurante, Susana e José António Nunes, na página oficial de Instagram. “Obrigado a todos os nossos clientes/amigos que fizeram e fazem desta casa aquilo que é hoje. Obrigado ao nosso pai e mãe por nós deixarem esta obra inigualável. É uma honra, estamos sem palavras”, pode ler-se na publicação assinada pela "família Solar dos Nunes”.

O Solar dos Nunes é um dos restaurantes mais notáveis de Lisboa, com foco numa “culinária simples e honesta”. “Desde 1988, que desenvolvemos uma experiência única para os nossos clientes e amigos, usando ingredientes frescos e sustentáveis, levando-o a viajar, numa aventura culinária incomparável”, pode ler-se no site do espaço. “De receitas clássicas a novidades, cada prato reflete o nosso amor por um país chamado Portugal.”

Composto por oito países, o CEUCO é uma organização sem fins lucrativos, que visa promover os produtos agroalimentares e a gastronomia de qualidade dos países da União Europeia.

A par do Solar dos Nunes, foram distinguidos na mesma categoria os restaurantes La Marinière, na Guiana Francesa, e o restaurante T’Aloni, na Grécia.

Também na categoria de Melhor Chef, chega uma distinção para Portugal, com o chef Leonel Pereira a arrecadar o prémio, a par do chef grego Vassilis Mpekas.

 
RELACIONADOS
Mais Lidas